terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Tragédias que podem ser evitadas

É de estarrecer ver se repetir, a cada ano, tragédias por causa das chuvas de verão em áreas como as da região serrana do Rio de Janeiro. A falta de conhecimento geológico, a descrença e a indiferença de todos, seja por parte dos moradores ou das autoridades, é a grande responsável por toda essa calamidade que ceifa vidas de crianças, jovens e velhos, ricos ou pobres, sem distinção. De nada adianta o progresso sem o conhecimento científico que preserve a vida. Mansões construidas em área de risco; casinhas na beira de rio; ruas compactadas sem escoamento de água; má fiscalização nas construções civis por parte das autoridades; falta de comunicação alertando a chegada das tempestades. Tudo isso junto é a receita da catástrofe que poderia ser evitada. O povo brasileiro é solidário na tragédia, mas deveria ser mais solidário na prevenção, ensinando e alertando do perigo. As escolas precisam abraçar essa missão, a de educar a comunidade no uso devido do solo.

Museu Náutico da Bahia. Forte Santo Antonio da Barra - Farol da Barra.

Farol da Barra - Salvador -Bahia Este é o Forte de Santo Antônio da Barra, edificado no século XVI, ocupando o Sítio da Ponta do Padrã...