sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Se Beber não Dirija!

 Todos os dias vemos nos meios de comunicação notícias de acidentes com morte, principalmente de jovens, devido à mistura de álcool e direção. Se o jargão "se beber não dirija" funcionasse, as indústrias de bebidas já teriam falido. Por isso a frase aparece  em letras pequeníssimas e ditas rapidamente no final de uma extensa propaganda de cerveja. Garotas bonitas rodeadas de garotões bombados, alvo fácil para atingir o principal objetivo, que, com certeza, não é aconselhar a não dirigir bêbado.  O indivíduo que recebe esta informação acredita que se ele consumir o produto  também será feliz e bonito, igual ao da propaganda. Gasta-se dinheiro com campanhas contra as bebidas alcólicas, pouco agressivas e até certo ponto romanticas, e permite-se que a televisão aberta, consessão do governo, bombardeie, com seus anúncios cada vez mais atraentes, as telas, usando técnicas do neuromarketing, estimulando e incentivando desejos coletivos. Nem mesmo o teste do bafômetro consegue impedir ou diminuir o abuso de motoristas bêbados e irresponsáveis, principalmente em fins de semanas. De nada adianta criar leis diante de tanta incoerência neste país.

Museu Náutico da Bahia. Forte Santo Antonio da Barra - Farol da Barra.

Farol da Barra - Salvador -Bahia Este é o Forte de Santo Antônio da Barra, edificado no século XVI, ocupando o Sítio da Ponta do Padrã...