Pesquisar este blog

terça-feira, 2 de outubro de 2012

A IMPORTÂNCIA DOS ARTISTAS

Recentemente testemunhamos cenas de pesar e homenagens a uma das melhores apresentadoras de televisão  brasileira, a nossa Hebe Camargo. Todos os canais exibiram as manifestações públicas dos fans e colegas da apresentadora, independente de ser a emissora contratante ou não. Chamada de rainha,  a qual cabe todos os elogios, seu falecimento   causou consternação pelos quatro cantos do Brasil.  Manifestações assim acontecem quando morre uma personalidade com a popularidade de Hebe. Comoção comparada a de Airton Senna e do presidente Tancredo Neves, que me lembre.
Os artistas são comumente taxados de exibicionistas, vaidosos, criadores de factóides para aparecerem na mídia, que fingem correr  dos paparazes etc.. Mas são eles que tornam a vida mais leve. Imaginem a vida sem a presença deles nas rádios, televisão, cinemas, teatro, circo, literatura, artes plásticas. Imaginem o mundo sem música, sem cantores, sem os atores e atrizes, sem os apresentadores de programas de televisão ou animadores de palco. Pensem num Brasil sem as novelas televisivas, hoje culturalmente assimilada, aliviando as tensões após um dia de trabalho. Há quem diga que novela e futebol são alienantes. Que os problemas do Brasil são esquecidos diante das telas e partidas de futebol. Mas será que eles seriam menores sem o lado prazeroso? Na minha opinião uma coisa não invalida a outra. Podemos sim, nos dá ao luxo de tal lazer. Acho que os artistas exercem uma grande influência na vida das pessoas, porque eles alegram com seu humor, eles passam mensagens, eles contribuem para acrescentar conhecimento, e, muitas vezes nos levam além dos nossos muros.  Eles vivem no mundo da fantasia para alegrar o dia-a-dia dos que são obrigados a enfrentar a dureza da vida real, inclusive deles próprios.