sábado, 13 de outubro de 2012

VACINA CONTRA O VÍRUS HPV PARA MENINOS

   Vamos vacinar homens contra HPV 

Esta é a opinião da pesquisadora Margaret Stanley, do Departamento de Patologia da Universidade de Cambridge (Reino Unido), que faz um apelo na revista Nature, (30/8/2012,p.S10) a favor da vacinação de garotos contra o vírus HPV (papilomavirus humano). Ela diz que não é justo ter uma política de saúde pública em que os homens têm que contar com a imunidade em massa das mulheres, a qual demorará ainda décadas para se manifestar. Ressalta que os casos de câncer associados a esse vírus já são comparáveis entre homens e mulheres nos países desenvolvidos. Mas só há rastreamento do HPV relacionado ao câncer cervical (de colo de útero). E muitos países só praticam imunização em mulheres. A cientista enfatiza que o HPV só é pensado como problema feminino, e não é. 
De acordo com os números citados pela cientista, por exemplo na Europa,  os casos anuais citados são: câncer de pênis(1.090); câncer de vulva e vaginal (3.850); cervical (23.250); anal (1.700 homens; 2.930 mulheres). Verrugas genitais, também causado pelo HPV: 325.700 homens; 289.000 mulheres. Mas é em outra consequência do HPV que os argumentos de Satanley é reforçado: câncer de pescoço e cabeça (12.700 homens; 2.539 mulheres. E de amígdala, língua, laringe. Principal fator de risco: sexo oral.
Os números de casos de carcinoma anal (tipo raro de câncer) estão aumentando nos Estados Unidos entre homens de 20 a 49 anos. Os casos de câncer de pescoço e cabeça têm crescido de forma dramática, e, se não houver prevenção, irão ultrapassar os de câncer cervical em 10 anos. O artigo informa que apenas os Estados Unidos, o Canadá,  e Austrália recomendam a vacinação de meninos. Na Austrália, no ano que vem, garotos de 12 e 13 anos serão vacinados em massa. No Brasil, há vacina aprovada pela Anvisa, que recomenda que homens dos 9 aos 26 anos sejam vacinados. Mas a rede pública ainda não oferece e o custo das três doses fica em torno de R$1000,00. O Senado aprovou, mês passado, o projeto que permite que mulheres com 9 a 40 anos - com ênfase nas até 13 anos- sejam vacinadas pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Mas ainda precisa ser discutido na Câmara dos Deputados e enviado para aprovação pela presidenta.
Finalizando seu apelo, Margaret Stanley diz: "Vamos começar a vacinação de homens agora mesmo".

Nota: Segundo a Organização Mundial de Saúde, há hoje no mundo cerca de 600 milhões de pessoas infectadas pelo vírus HPV. O uso do preservativo é importante mas ele barra o vírus em apenas 70% a 80% dos casos.
(Este é um resumo de um artigo publicado na revista Ciencia Hoje,nº297, de Outubro de 2012)
.

Museu Náutico da Bahia. Forte Santo Antonio da Barra - Farol da Barra.

Farol da Barra - Salvador -Bahia Este é o Forte de Santo Antônio da Barra, edificado no século XVI, ocupando o Sítio da Ponta do Padrã...