Pesquisar este blog

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Ainda há tempo para a gratidão - Miniconto



Todos estão presentes? Podemos começar a festa?
Não. Está faltando o agregado,  ele disse que vai se atrasar para a festa.
E disse o motivo? 
Não. Mas falou que se quiserem podem começar sem a sua presença. 
Mas que ingrato!
Eu não posso esperar
Eu também não.
Então gente, fazer o quê? Começo ou não começo?
A festa é sua, então comece. Seus filhos estão presentes, é o que importa. Se ele quisesse participar já estaria  aqui.
Depois  se queixa que nunca o chamam pra nada só porque é agregado. 
São desculpas. Gosta de se fazer de vítima. 
Nem vou ficar para os parabéns. Depois como do bolo
Eu também. 
Bem filhos, agradeço a presença de vocês e ....
Oba, oba, cheguei!  Me atrasei porque estava procurando as mais lindas rosas que pudessem expressar toda minha gratidão a  uma criatura que muitas vezes, mesmo não sendo minha mãe, cantou as mais belas canções de ninar para eu  dormir quando ficava inquieto.  
E elas não foram em vão. Seja bem vinda a gratidão.