Pesquisar este blog

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

A Colômbia surpreendeu o mundo,

A Colômbia surpreendeu o mundo, mostrando através da força do futebol, que é possível, sim, a solidariedade entre os povos. A homenagem que este país fez ao time brasileiro vítima da queda do avião em Mendellin, superou tudo que já se viu em termos de solidariedade e emoção demonstrada por um povo a outro. Essa linda homenagem, que superlotou o Estádio de Futebol Atanasio Girardot de Medellin, feita com perfeição, após a tragédia que ceifou as vidas dos jogadores do Chapecoense, calou a voz dos brasileiros. Se o brasileiro era tido como um povo solidário, hoje perdeu para os colombianos. Um país que há 52 anos enfrenta guerrilhas, uniu milhares de torcedores do Atlético Nacional, num mesmo sentimento de dor, para lamentar a perda trágica de um time rival. Com exceção de alguns jogadores brasileiros e jornalistas que choraram a perda de seus colegas, não vi por parte das autoridades e meios esportivos uma manifestação à altura da tragédia que resultou na perda de mais de setenta pessoas no auge de seus sonhos. Ao invés disso, indiferente ao momento, os deputados não suspenderam a sessão, e na calada da noite aprovaram medidas que os protegem das suas irregularidades.


Os prefeitos de Chapecó, Luciano Buligon, e de Medellín, Federico Gutiérrez.
(Foto: Reprodução/ YouTube/ Telemedellín+)