segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Senadora Marta Suplicy propõe o encerramento da Família Tradicional

Eis alguns itens do projeto:

*Retirar o termo PAI E MÃE dos documentos:
Título VI, Art. 32 – Nos registros de nascimento e em todos os demais documentos identificatórios, tais como carteira de identidade, título de eleitor, passaporte, carteira de habilitação, não haverá menção às expressões “pai” e “mãe”, que devem ser substituídas por “filiação”.

**Acabar com as festas tradicionais das escolas (dia dos pais, das mães) para “não constranger” os que não fazem parte da família

***Cotas nos concursos públicos para homossexuais assim como já existem para negros no RJ, MS e PR e cotas em empresas privadas com já existe para deficientes físicos:

MINHA OPNIÃO :

Sra. Marta Suplicy não inclua os homossexuais no mesmo balaio das pessoas carentes ou deficientes. Todos os homossexuais que conheço são pessoas inteligentes, que estudaram e se formaram sem precisar de cotas. São pessoas normais como outra qualquer, que trabalham e desempenham funções dentro da sociedade de acordo com as suas capacidades, independente de ser homo ou heterossexual. É preciso mudar esse olhar distorcido. O que senhora está propondo é discriminação. Ninguém olha para um hetero ssexual imaginando a forma como ele faz sexo. O mesmo deve ser feito com os que tem outra opção sexual. Quanto à dissolução da família, não é preciso lei. Hoje a maioria dos lares brasileiros, principalmente os mais carentes, são dirigidos apenas pela mãe, é só a senhora constatar a pesquisa. O número de mulheres chefes de família dobrou em uma década no Brasil. Levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Acredito que a marginalidade está na maioria das vezes, ligada a lares cujos filhos foram criados sem um pai ou mesmo sem os dois. Acho que a senhora está desfocada. Use a oportunidade que seus eleitores lhe deram para se dedicar a assuntos mais urgentes. O seu partido precisa ser mais construtivo, chega de demolição.

Falando como platéia.

Tenho muito respeito pelos artistas de um modo geral, pois acho que eles são seres escolhidos para tornar a nossa vida mais alegre e mais l...