Pesquisar este blog

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Somos todos culpados

É de admirar que, com tantos trilhões roubados neste país, o Brasil ainda esteja de pé. Mesmo cambaleando, mesmo de uma perna só. Não fossem esses ladrões que governam a nação; esse Judiciário comprado; a conivência da sociedade e a ignorância do povo brasileiro, poderíamos estar numa situação de primeiro mundo, porque dinheiro não falta. Mas, de acordo com as pesquisas, somos o terceiro país mais ignorante do planeta e, é claro, um dos mais corruptos também.
A Dinamarca está em primeiro lugar como o país menos corrupto do mundo. Isto porque a sociedade dinamarquesa exige total transparência do governo e muita responsabilidade social das empresas que atuam no seu país.
Enquanto não houver no Brasil transparência nas ações do governo e nas empresas que atuam no país, e, principalmente, seriedade no Judiciário, nada irá mudar essa situação.
Há quem diga que tudo isto acontece por resquício de um Brasil Colônia, que o país ainda não teve tempo para amadurecer, etc..  Mas, 500 anos é pouco? Não, é desculpa. O Brasil é um vovô comparando com a Austrália,  que só ficou independente do Reino Unido em 1901, e tem o segundo melhor índice de desenvolvimento (IDH ) do mundo, só perdendo para a Noruega, com baixíssima taxa de violência e criminalidade. É preciso acabar com esse infantilismo do brasileiro que vive deitado em berço esplêndido esperando que a Pátria Babá venha lhe dar mamadeira na boca.