Pesquisar este blog

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Conversa desconectada. Conto.



- Ôpa, Didi, tudo bem? E aquela "mina"?  bom gosto, viu!
- Fala baixo, alguém pode ouvir. 
- Você se expõe e eu é que tenho que falar baixo? 
- Como você me viu?
- Seguindo você.
- Não sabia que você me seguia!
- Eu só? Pelo que sei, eu e toda a torcida do Flamengo!
- Só se foi levada por você, seu malandro. Onde você me viu, seu mentiroso?
- Onde mais poderia ser, véio? No instagram.
- Não disse? É mentira,  nunca fui nisso.
- Como, nunca foi? Só conheço um  "Didi da esquina" que  por onde vai, põe a camisa do flamengo, você., que neste momento veste uma.
- Sei, mas não costumo usar essa camisa  chamativa  nessas investidas. Sou burro não, amigo. E pare de me seguir.
- Então, de quem é esta foto com essa barrigona, vestindo uma camisa do flamengo,  abraçado com essa gata, no perfil de "Didi da esquina", aqui no Instagram?
- Tá doido? Você me segue e ainda tira minha foto pelo celular? Ainda bem que não mostrou minha cara. Não lembro dessa dona nem desse lugar. Insta... quê? Você quer me prejudicar, companheiro? Pare de me seguir de hoje em diante. Agora mesmo deve estar me seguindo pensando que vou fazer bobagens. Cuide da sua vida.
-Vixe, amigo véio, você não sabe o que é Instagram? Então, tem gente se escondendo atrás de você.
- Atrás de mim? Não foi você quem tirou a foto? 
- Claro que não.  Acho que tem um "Didi da esquina" me seguindo, vou descobrir quem é.
- Mas não é você quem está me seguindo?
- Era, mas não é você. Tchau, seu bobo desconectado!
- Eu hein! Conversa  mais doida.




Todos os créditos para a autora Darcy Brito