sexta-feira, 19 de setembro de 2014

A dor amiga


Sinônimo de um sentimento ruim, a dor é uma manifestação que deve ser bem-vinda. É ela que lhe dá o desagradável aviso de que algo não está bem com você, seja físico ou emocional. Ela fala o que você está precisando ouvir para tomar as devidas providências. Se ela se calar  pode ser tarde demais. Imagine uma simples pedra na vesícula sem a manifestação da dor, ou um apêndice inflamado! O indivíduo pode morrer e só se saber a causa depois de constatar o vazamento de suas secreções. Mesmo em se tratando da dor emocional (ou da alma) ela pode lhe salvar de um suicídio, por exemplo, caso lhe seja dada a devida importância. Porque dor não é causa é alerta, sintoma. Infelizmente, no conturbado mundo atual só se pensa em eliminar a dor com paliativos e automedicações sem se averiguar a razão que está por trás do mal-estar. E isto vale principalmente para os problemas psicológicos e psiquiátricos tratados com o excesso de psicotrópicos que enriquecem as industrias desses remédios. É mais fácil "tratar" o mal estar. O Rivotril que o diga. Claro que é mais fácil lidar com o problema aliviando as dores, mas, que o procedimento não pare por aí.


Museu Náutico da Bahia. Forte Santo Antonio da Barra - Farol da Barra.

Farol da Barra - Salvador -Bahia Este é o Forte de Santo Antônio da Barra, edificado no século XVI, ocupando o Sítio da Ponta do Padrã...