Pesquisar este blog

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Lei de Murici - Cuidar de si é também pensar no outro




Murici uma fruta do nordeste do Brasil
O ditado popular conhecido como A Lei de Murici que diz "cada um cuide de si"* , a priori pode ser traduzido como puro egoísmo, mas na verdade, pensando bem, se cada um cuidasse de si estaria dando uma enorme contribuição para a convivência na sociedade, diminuindo o trabalho que temos uns com os outros. Mesmo porque ninguém que não sabe cuidar de si pode ter boas condições para cuidar do outro. Quem já viajou de avião deve ter em mente aquela recomendação da aeromoça: em caso de despressurização ponha a máscara de oxigênio primeiro em você para depois ajudar a quem estiver precisando. Nada mais sensato. Costumamos delegar ao outro tarefas que muitas vezes deveriam ser feitas por nós mesmos. Aí se algo dá errado a culpa é sempre do outro. Estendendo esse pensamento a nível de Estado vemos que também delegamos e cobramos atitudes de governos sem dá um mínimo de contribuição ou bom exemplo para exigir isso. Ou elegendo alguém para cuidar dos nossos interesses sem nem ao menos reparar se esse alguém está em condições de realizar as tarefas que lhe delegamos. Cuidar de si é ter responsabilidade para não permitir invasão de privacidade ou imposição de comportamento.



*A lei de Murici está relacionada com a epidemia de cólera, com o nome de morexim. E na boca do povo recebeu o nome de murici. Essa epidemia dizimou muita gente no Brasil na década de 40. Como as autoridades da época não tinham recursos para atender todos, aí surgiu a lei de Murici, que diz que cada cuide de si.